Le Pendu - texte en Portugais

   

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Um código de araque, um mandraque, um crack maldito. Rio+20... Mais vinte anos de ilusão..vinte passos da cova, da corda, que aperta o pescoço do homem, mas não deixa seus pés perto do chão, balança seu corpo como relógio, pendurado ao vento, deixando seu corpo parado, esticado, como a corda que o faz balançar.. A árvore apenas assiste o tempo passar, não foi sua culpa prendê-lo ali,lamenta que tenha sido naquele lugar, junto a ela... A cor amarela do sol se fez mais forte, clareou o norte, deixou o sul sem luar. As plantas quase pararam de respirar..cansadas, dobraram seus corpos, deitaram no chão, um berço esplêndido, em sono profundo, como o moribundo da árvore, pra lá e pra cá. Agora ninguém respira, apenas oscila, e em meio às respostas, há tantas propostas.. O que aconteceu virou passado, se existe um legado talvez seja a terra, a nossa pátria mãe gentil, não falo do Brasil, falo da Terra, cartão-postal do Universo, esférica, quase oval, a flor de nossa galáxia, a Via Láctea, feita de leite, como somente uma mãe saberia, amamentaria até os filhos que não fossem seus, não hesitaria em dar sua vida nem permitiria que roubassem seus sonhos, seus minutos de distração com aquela criança, que nunca foi esperança, nem um fardo pra carregar. Não houve uma promessa ou um contrato firmado entre locutores ativos, nem passivos a se pagar. Havia o canto dos pássaros, as flores e a floresta, um amor pelo filho, que num ultimo suspiro desejou se salvar, questionou sua existência e sua aparência com o Criador, onde estava nessa hora, por que não o salvou (?)... Esse parece ser o destino da flor.

O entendimento de Donald Trump é que o ‘CO2 é o gás da vida’: Eu pensei, ‘ele deve ser um fumante, ou deve estar se referindo ao período pré-Cambriano... de outra forma, seria desentender o oxigênio, igualmente presente na equação do gás carbônico...’. E em sua sensatez, ele acrescentou: ‘o CO2 é comida de planta...’: e eu pensei, ..e os combustíveis fósseis, é comida de quem..? A energia é o único respaldo de vida que o ser humano tem e, por assim dizer, o valor da moeda. Mas eu não vou fazer uma apologia àquilo que um dia eu defendi: a natureza. Pelo tanto que sei e vejo acontecer com a Amazônia, para quem igualmente conhece a Lei e entende a Economia, é necessário muita miopia para desentender of que é o crescimento econômico: e daí pra frente é nostalgia, é política, é Romance.

‘O CO2 salva vidas’, ponto: é o entendimento humano. O carbono antropogênico jamais será o X da questão, e ir além, é profecia. De Kyoto a Donald Trump, a Rio+20 foi a última vez que eu tentei entender o ser humano.

 

 “(Kathleen Hartnett White arrived at Trump Tower last November while then-President-Elect Donald Trump and his transition team considered who to bring into the administration. Credit: Drew Angerer/Getty)

President Donald Trump has picked Kathleen Hartnett White, a former Texas regulator and unapologetic advocate of expanding U.S. fossil fuel production regardless of carbon dioxide emissions, for the top White House environment post.

Putting her in charge of the Council on Environmental Quality, which has been rudderless since Trump took office, would place an extreme denier of mainstream climate science, a hero of those who oppose urgent action on global warming, at the fulcrum of federal interagency policy discussions on energy and environmental matters.

White has argued against the federal government's "endangerment finding" that carbon dioxide, the principal greenhouse gas feeding worldwide climate change, is a danger to human health and the environment. If confirmed to head the White House Council on Environmental Quality, she would be coordinating environmental efforts across the federal agencies.

As a fellow of the conservative Austin-based think tank, the Texas Public Policy Foundation, White leaves a long paper trail that will surely be fodder for her confirmation hearing. The group has been funded by fossil fuel interests, including Exxon and the Koch brothers.

She has decried regulation of carbon dioxide, which she calls "the gas of life," and co-authored last year's paean to the fracking boom, "Fueling Freedom: Exposing the Mad War on Energy." Her co-author, economist Stephen Moore, founded the Club for Growth, the political action group that weaponized the primary process to successfully move the Republican party to the right over the past two decades.

"An invisible, harmless trace gas in the Earth's atmosphere, CO2 is a plant food," White said last year in a Q&A with the Orlando Sentinel.

In her 2014 monograph, "Fossil Fuels: The Moral Case," she wrote: "Humanity's use of fossil fuels has released whole populations from abject poverty. ... Until energy sources fully comparable or superior to fossil fuels are securely available, policies to reduce emissions of CO2 should proceed with caution lest they prematurely exhaust the well-springs of mankind's greatest advance."

She has also promoted tactics for undermining the Endangered Species Act, claiming its protections for endangered wildlife imperil prosperity. […]”

[source: X ]

 

 

obs.: : la plupart des choses que j’écris ne peut être traduite à un autre idiome, parce q'ils auraient perdu sa sonorité.